terça-feira, 2 de agosto de 2011

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Acidente Interlagos 2010

Na etapa Fórmula Truck em Interlagos 2010 ocorreu um incrível acidente entre os caminhões de Bruno Junqueira e Diumar Bueno.
Por sorte eu estava fotografando no S do Senna e com a câmera apontada para o fim da reta dos boxes e início da curva do S.
Fui um dos poucos fotógrafos que clicou o acidente.
Apesar da gravidade da batida, os dois pilotos saíram ilesos e andando.























domingo, 13 de setembro de 2009

Final da Copa Brasil Off Road - Taubaté

Final da Copa Brasil Off Road em Taubaté- de 05 a 07 de setembro.



Portal para a largada ao lado do Taubaté Shopping







Descidas e subidas







o inesperado acontece...








Depois da chuva...

domingo, 19 de julho de 2009

Formula Truck - Interlagos 2009

Dia 19 de julho, corrida de Fórmula Truck em Interlagos.


Treinos na sexta e no sábado e corrida no domingo.
Vieram também os argentinos com Top Race, uma categoria parecida com a StockCar.
Os organizadores da Top Race convidaram o Jacques Villeneuve e o Caca Bueno para correr.

 
Os caminhões da equipe da Volkswagen






Roberval Andrade entrando na reta para receber a bandeirada de primeiro colocado.








Top Race



 
 Acidente no S do Senna

domingo, 21 de junho de 2009

Acompanho o Rally dos Sertões desde 2005, sempre com minha mochila, minha barraca e meu equipamento fotográfico. Neste ano recebi um convite para acompanhar a equipe Perim Race Team.A equipe comandada pelo Eduardo JJ da Perim, teve apenas 17 dias para se preparar.
Ele decidiu competir apenas no ultimo dia do prazo para a inscrição no rally!
Para qualquer um isto pareceria impossível, mas para quem coordenou a reforma em apenas 10 dias do Scania do caminheiro Clécio para o programa do Gugu no SBT, era apenas um desafio a mais.
Ele pegou dois caminhões Volkswagen, com os quais já havia corrido em 2005, e preparou-os em apenas 15 dias. Nos caminhões foram instaladas algumas inovações, como cambio automático, calibragem inteligente de pneus entre outras.
Um dos caminhões foi preparado para a corrida e o outro para apoio, e o Clecio com sua carreta foi contratado para levar os dois caminhões até Goiânia, ponto de partida do rally, para acompanhar a equipe durante o percurso levando barracas, alimentos e peças e trazer os caminhões de volta a partir de Natal, ponto final do Rally.
A equipe era formada pelo JJ- piloto, Fabio Mainard - navegador, Pedro - co-piloto e mecânico, Gibotti - chefe de equipe, Saulo- mecânico chefe, Dário- mecânico, o Clécio e eu
Em Goiânia todas as equipes ficaram estacionadas por três dias no parque de apoio para vistoria e cadastramento. Nos três dias em Goiânia a carreta Scania, o “caminhão do Gugu” como era chamada pelas pessoas, foi a grande atração para os visitantes e imprensa.
Na manha do quarto dia, a equipe partiu para a primeira etapa do rally, em direção a Santa Helena de Goiás, e... começaram os problemas. Problemas com os pneus e com a turbina do caminhão de competição, problemas com o cambio e diferencial do caminhão de apoio, problemas com o cabeçote da carreta, e outros problemas menores. Com isso o caminhão de competição ia percorrendo as etapas do rally, enquanto a equipe de apoio ficava para trás, perdendo tempo (às vezes mais de um dia) para resolver os problemas mecânicos.
Somente na quinta etapa, entre Palmas (TO) e Luis Eduardo Magalhães (BA), o apoio e caminhão se encontraram.
Finalmente com a equipe toda reunida o JJ aproveitou para fazer um balanço da situação. O caminhão estava em perfeito estado, daria para prosseguir até Natal, mas os caminhões de apoio apresentavam problemas e o rally iria percorrer uma região de poucos recursos. Se acontecesse algum imprevisto, estariam sem socorro e no meio do nada. Ficou resolvido então em comum acordo encerrar ali a participação no rally.
Afinal já tinham cumprido 6 das 10 etapas de um dos rallys mais difíceis do planeta, e com um caminhão preparado em 15 dias!
Foram 10 dias de privações e de aventuras, dias de alimentação precária e dias de churrasco, de noites dormidas sentado na boleia ou em caixas de papelão e noites de hotel travesseiro e lençol, dias de pneus estourando e turbina vazando e dias de caminhão fazendo o segundo melhor tempo da categoria, mas foram sobre tudo dias de aprendizado, de superação, de trabalho em equipe, e de preparação para os próximos rallys.
O JJ já começou preparar um caminhão inteiramente novo para o rally do próximo ano.
Espero também fazer parte da equipe


JJ,Giboti, Willem e Fábio conversando

Fábio na internet e JJ falando com o motorista do caminhão


O caminhão finalmente no pátio



Painel do caminhão de apoio.

O caminhão no rally.